Economia

Dia de campo mostra tecnologias de produção sustentável em Brasnorte (MT)

O público prioritário são produtores rurais, técnicos, extensionistas e consultores, profissionais ligados ao setor agropecuário e estudantes de ciências agrárias

18views

Embrapa

Na próxima sexta-feira, dia 24, a parceria entre Embrapa e Senar-MT promoverá na Fazenda São Paulo, município de Brasnorte (MT), o 2º Dia de Campo sobre Tecnologias de Produção Agropecuária Sustentável. As inscrições para o evento são gratuitas e podem ser feitas antecipadamente.

De propriedade de Vitório Herklotz, a Fazenda São Paulo é uma das Unidades de Referência Tecnológica de integração lavoura-pecuária-floresta (ILPF) acompanhadas pela Embrapa Agrossilvipastoril. Durante o dia de campo será possível conhecer a estratégia produtiva adotada no local, acompanhar o desenvolvimento do sistema e seus resultados.

O dia de campo tem como público prioritário produtores rurais, técnicos, extensionistas e consultores, profissionais ligados ao setor agropecuário e estudantes de ciências agrárias. As inscrições podem ser feitas antecipadamente no site www.embrapa.br/agrossilvipastoril. Também será possível se inscrever no dia e local do evento, a partir das 8h.

A Fazenda São Paulo fica na BR 364, Km 944, entre Campo Novo do Parecis e Brasnorte.

Programação

A programação do dia de campo terá início às 8h30. Após a abertura, serão feitas duas apresentações para todos os participantes. Primeiramente o proprietário, Vitório Herklotz falará sobre a integração lavoura-pecuária na Fazenda são Paulo, com foco no manejo em solos arenosos. Na sequência, a professora da UFMT Fernanda Macitelli abordará a importância do bem-estar na produção e na qualidade da carne bovina.

O circuito de estações de campo terá início logo em seguida, com o público sendo dividido em três grupos. Todos passarão por três estações temáticas.

Em uma delas, o pesquisador da Embrapa Maurel Behling abordará a condução e os principais resultados dos sistemas IPF da Fazenda São Paulo no ano agrícola 2018-19. Ele dividirá a estação com o professor Márcio Magalhães, da Unemat, que falará sobre atributos químicos e aptidão do solo em ILPF.

Em outra estação, Artur Faria, da UFMT, apresentará os princípios básicos da implantação e manejo das pastagens em sistemas integrados e Júlia Raquel de Sá, da The Nature Conservancy (TNC) falará sobre a valoração dos serviços ecossistêmicos.

Na terceira estação o tema será os microrganismos. Daniela Campos, da UFMT, falará sobre sua utilização em sistemas sustentáveis e Renato Cândido Alves, do Laboratório Solos & Planta abordará a importância das análises microbiológicas do solo nos sistemas ILPF.

Leave a Response