Agricultura

Maior festival de divulgação científica do mundo chega a Sinop

A proposta é que cientistas deixem seus laboratórios e gabinetes e falem sobre ciência para a população de uma maneira simples e descontraída

14views

Embrapa Agrossilvipastoril

Na próxima semana, nos dias 20, 21 e 22, Sinop receberá, pela primeira vez, o maior festival de divulgação científica do mundo: o Pint of Science. O evento ocorrerá em 24 países, em cinco continentes, nessas mesmas datas. O Brasil é o campeão em número de sedes, com 85 cidades participantes.

Nascido em Londres, o festival tem o nome em inglês e faz alusão ao ambiente onde é realizado: bares e restaurantes.  Em uma tradução livre, significa uma dose de ciência.

A proposta é que cientistas deixem seus laboratórios e gabinetes e falem sobre ciência para a população de uma maneira simples e descontraída.

Em Sinop o festival ocorrerá no Pátio Piemonte e no Templo Cervejeiro Louvada. Sempre com início às 19h, a programação contará com duas ou três apresentações em cada local, por noite. As apresentações são curtas, de modo a sobrar tempo suficiente para que o público possa fazer perguntas e interagir com os cientistas.

Entre os apresentadores convidados em Sinop estão pesquisadores da Embrapa, professores de universidades e de escolas e até mesmo um mestre cervejeiro. Os temas serão os mais diversos. Entre eles estão questões de saúde, como obesidade, efeito dos agrotóxicos e uso de realidade virtual no aprendizado de dentistas; uso da ciência em investigações criminais, com reconhecimento de arcada dentária e detecção de vestígios de drogas no organismo; aspectos da alimentação, com discussões sobre alimentos geneticamente modificados e consumo de insetos; interferência da tecnologia em nosso dia-a-dia, com o trabalho dos algoritmos e inteligência artificial; a matemática em nosso cotidiano e na natureza; a ciência por trás da produção de cerveja e a construção da história por meio do exemplo da Cannabis.

“O Pint of Science tem como público não somente as pessoas que estão envolvidas com a academia. Queremos chamar atenção da população em geral sobre o papel que a ciência tem em nossas vidas e mostrar que ela está presente em nosso dia-a-dia”, explica o coordenador local do Pint of Science, Gabriel Faria.

A participação no festival é gratuita e cada participante deve arcar com as próprias despesas de consumo nos bares.

A programação completa do festival pode ser conferida no site www.pintofscience.com.br.

Conheça o festival

Pint of Science nasceu em 2012, por iniciativa de dois pesquisadores do Imperial College, de Londres. Ao realizarem encontros com pacientes e pessoas interessadas em ciência em seus laboratórios sobre doenças neurodegenerativas, eles se perguntaram como seria possível levar o cientista até as pessoas.

A resposta estava nos pubs londrinos e assim começou o maior festival de divulgação científica do mundo. O nome pint (lê-se “paint”) vem do nome dado ao copo usado pelos ingleses para tomar cerveja. A palavra é uma medida de volume variável de país para país. Na Inglaterra equivale a 568 ml e nos Estados Unidos a 473 ml.  

Após o sucesso na terra da rainha, o festival ganhou o mundo. Chegou ao Brasil em 2015 por meio de um projeto piloto em São Carlos (SP) e vem crescendo a cada ano.

Atualmente o festival conta com uma coordenação nacional, coordenadores regionais e, em cada cidade sede, coordenadores locais e coordenadores de bares.

Em Sinop o evento é coordenado pela equipe de comunicação da Embrapa Agrossilvipastoril, com participação de professores da UFMT, Unemat, Unic e Fasipe. A iniciativa conta com apoio da AL Personaliza, Croma Radiologia, Prina Pitt Escola, Nilson Joias e rádios Hits e Regional.

Leave a Response