Ednilson Aguiar/O LIVRE
AgronegócioDestaqueEconomiaPecuáriaPolítica

Mapa suspende exportação de carne bovina à China após caso atípico de vaca louca

O caso aconteceu em uma vaca em uma propriedade de Mato Grosso e confirmado na última semana

19views

O Ministério da Agricultura (Mapa) decidiu nessa segunda-feira (03) suspender as exportações de carne bovina do Brasil para China. A medida é preventiva e ocorre após a confirmação de um caso atípico do “mal da vaca louca” em Mato Grosso.

A suspensão está prevista no protocolo sanitário entre Brasil e China, mas representa um revés para os frigoríficos brasileiros e já provoca forte queda nas ações.

No meio da tarde desta segunda, as ações da JBS recuavam quase 3,89%, Marfrig está em leilão com queda de 1,5% e Minerva tinha queda de 3,90%.  A BRF – mesmo não exportando carne bovina -, tinha queda de 1,60%. O Ibovespa, por sua vez, tinha alta de 0,14%, aos 97.168 pontos.

Com o embargo, “todos os carregamentos expedidos até dia 30 de maio de 2019 serão internalizados na China. Produtos produzidos e expedidos a partir do dia 31 de maio de 2019, deverão retornar à estabelecimentos sob Serviço de Inspeção Federal (SIF), ou ser redirecionado”, diz trecho do documento assinado pela diretora do Departamento de Inspeção de Produtos de Origem Animal (Dipoa), Ana Lucia de Paula Viana.

Essa decisão representa um “balde de água fria” para os donos de frigoríficos que exportam carne e os que estão no aguardo para destinar parte de suas produções para o país asiático, visto que, recentemente, várias lideranças da pecuária brasileira, estiveram no país em busca de novos mercados.

Por: Edyeverson Hilário

Leave a Response